12/03/2008

Party Animal II

Valter Lemos continua a fazer rir. É um caso sério de boa disposição, este Secretário de Estado.



Mas não é de estranhar porque o chefe também é um verdadeiro galhofeiro.

8 comentários:

Teté disse...

Pois, nessas coisas de greves há sempre dois números muito díspares: o dos governantes e o dos grevistas!

Para ser muito franca, acho que essa árvore que dá nozes está esperançada em ser uma árvore das patacas (a caírem no seu bolso), convencido que está de ser um grande orador, dizendo tantas ou mais barbaridades que os governantes. Não sei porquê, ninguém menciona...

Quanto ao Sócrates, não te esqueças que um dia, num discurso inflamado, até lhe escapou a boca para a verdade, com um "para Portugal ser um país cada vez mais pobre... ahn... rico"!

Enfim, crise de bons dirigentes é coisa que já temos há muitos anos! :/

Moyle disse...

teté,

o Moyle também traz o "sr. árvore das nozes" debaixo de olho (http://oaltooforteeomoyle.blogspot.com/2008/10/portugal-hoje-o-testa-de-ferro.html)

olha que pelo andar da carruagem essa crise de gente de jeito veio para ficar.

Miguel disse...

que dois artistas tu foste descobrir para pôr aqui eheh

Moyle disse...

Miguel,

espero bem que não me arruinem o espaço. foi um bocado irreflectido por estas duas caras juntas a poucos centímentros virtuais de distância.

Sorrisos em Alta disse...

Está mais perto do galheteiro que do galhofeiro.

Eu, pelo menos, dava-lhe umas boas galhetas...

,o)

Moyle disse...

sorrisos,

se virmos a coisa por esse prisma verificamos que também tem muito de lambareiro, a julgar prla quantidade daqueles que lhe arreava uma lambadas:)

Clara Umbra disse...

- Estou cá com uma pedreira...
- Toma um valter lemos que isso passa!

Moyle disse...

Clara,

acho que a terminologia dos cargos políticos está ultrapassada nos dias que correm. na vez de secretário de estado de qualquer coisa deveríamos mudar os títulos dos cargos para:
- mentiroso profissional da educação;
- manipulador de núemros da educação;

sei lá, uma miríade de coisas que eles fazem e que não têm nada a ver com secretariar o estado:)