10/15/2008

Beber a Direito

Aposto com vocês quanto quiserem que ele só emborcou bebidas brancas!

6 comentários:

Clara Umbra disse...

Excelente!
Sem mais comentários.
:)

Teté disse...

Olha, nem sou nada de festejar mortes alheias, sejam elas de quem forem, mas sinto que há pessoas que não fazem falta nenhuma há humanidade. Este é um desses casos...

Simpatizo pouco com gajos racistas, xenófobos ou preconceituosos, de um modo geral!

E se foram só bebidas brancas, coitado, nunca provou outras mais coloridos e fantásticas... :)

Moyle disse...

clara,

:D

Moyle disse...

teté,

umas das coisas que costumo dizer é que não se deve desejar a morte a ninguém pela simples razão de ser um desperdício estúpido de desejos, porque toda a gente morre. agora no caso deste e de outros como ele a situação só perde por tardia (isto está a dar-me um gozo enorme falar sobre a morte de alguém porque acabei de ver, agora mesmo, o "Meet Joe Black")

o Moyle é ao contrário, deixou completamente as bebidas brancas, devido a conselho médico. Não imaginam aos anos que não toca numa gotinha que seja de leite.

Sorrisos em Alta disse...

MUITO BOM!!!

Mas teimo em que deve ter emborcado algumas das outras, para acabar com a raça delas

Moyle disse...

sorrisos,

é muito possível porque os radicais são tão coerentes, mas tão coerentes, que acabam por fazer o contrário do que defendem, em nome da coerência. por isso mesmo, faz sentido o que dizes.