4/21/2009

Casula de Vénus

Dom José Policarpo, cardeal patriarca de Lisboa, afirmou recentemente que o preservativo é uma forma falível de combater o vírus do Sida. Sem querer atirar mais gasolina para a fogueira, o Moyle vem aqui expressar a sua concordância.

De facto, melhor que preservativos, o ideal era, quando chegasse o momento de… coiso, embrulhar o zézinho [parece que há quem lhes chame assim] num Papa. Todos sabemos que o Papa é infalível.

48 comentários:

Treze disse...

Se quiseres gasolina, passa por lá. Bem, não é bem gasolina. É só algo que te espera. (Que raio!)

johnny disse...

Eles querem pegar em temas concretos, que têm alguma pertinência (de facto, a distribuição de preservativos em África não funciona porque é insuficiente, restando uma média entre 2 e cinco preservativos por pessoa sexualmente activa durante um ano ou porque se deve apostar muito mais na prevenção, só para nomear alguns problemas), mas realmente, quando falam, não acertam em nenhuma e só dizem baboseiras.

Teté disse...

Huguinho, Zezinho e Luisinho, não são os sobrinhos do Pato Donald??? :D

Abstinência total é o método mais aconselhável no combate à SIDA. Mas nem todos os Papas foram assim tão controlados... Agora, que remédio, por culpa dos paparazzi, obviamente, e dos jornalistas sempre em cima, coitados!

Papa do melhor que há, nham, nham, Nestum com Mel! :)))

Moyle disse...

Treze,

eh pá, gasolina vinha mesmo a calhar, mas agradeço na mesma:)

Moyle disse...

johny,

são padres meu rapaz. está tudo dito. desde a invenção dos psicólogos que já só têm lugar como comic relief :)

Moyle disse...

Teté,

u ui ui, um comentário quase inteiro a desconversar. muito bem. ahahahaha

a melhor é mesmo cerelac :)

ipsis verbis disse...

Moyle,


já no caso do "casamento com muçulmanos" em que José Policarpo alertava as jovens portuguesas para "um monte de sarilhos", o mesmo disse, depois, em sua defesa que: "Fez-se um arraial durante três semanas com uma frase, uma frase que até foi mesmo no fim do encontro, dita com graça."

Por isso, como diz o Moyle, comic relief it is. :)

Jiminy_Cricket disse...

Oi,

Ainda não percebi onde vos dá jeito a gazolina, espero que não seja no Zezinho, no Luizinho ou num "inho" qualquer :P

jus

ipsis verbis disse...

e ainda... :D

Moyle disse...

ipsis,

é um galhofeiro o senhor patriarca mas para piadas destas mais valia o Irmão Jorge de Burgos em «O Nome da Rosa».

Moyle disse...

Jimini,

o ideal era mesmo no depositosINHO da viatura... :D

bjs

Moyle disse...

ipsis,

é que estes canastrões de saias estão mesmo a pedi-las. excelente cartoon :)

ipsis verbis disse...

Moyle,

"never trust a man in skirt" - é o que dizem... sim. o cartoon é muito giro :)

Moyle disse...

ipsis,

é pena para os escoceses e mirandeses que me parecem boas pessoas... que reclamem da padralhada :)

ipsis verbis disse...

Moyle,

podem ser todos boas pessoas, mas a esses, de saias mais curtas, o não confiar pode referir-se a uma outra coisa, pronto. :)

Moyle disse...

ipsis,

saias mais curtas num homem poder realmente ser perigoso e imagino que seja mesmo preciso um olho no burro e outro no cigano o tempo todo. ou isso ou conviver com eles sempre encostado a uma parede:)

ipsis verbis disse...

Moyle,

Ahahaha. Ou então, esperar que não haja vento.

Moyle disse...

ipsis,

em caso de vento a situação pode tornar-se perigosa para eles, dependendo um bocado de que ambientes frequentes e pessoas com que convivem :D

ipsis verbis disse...

Moyle,

"de que ambientes frequento?" eheh

concordo, pode ser perigoso. ou então não e fica tudo bem e foi um ar que lhes deu... ahahah :)

Moyle disse...

ipsis,

lol:) queria dizer frequentam porque estava a falar nos utilizadores de saia. um ar que lhes deu é muito bem apanhada ahahaha

pensando agora de um ponto de vista demográfico até poderia ser uma moda vantajosa. fazer disparar a taxa de natalidade dava muito jeito:)

ipsis verbis disse...

Moyle,

eu percebi. :) só na primeira olhadela é que fiquei na dúvida. Eheh

pensando agora de um ponto de vista menos católico, os preliminares eram "aceites" com mais rapidez. ahahah...

"i crack myself up"

Moyle disse...

ipsis,

e com a vantagem de de protecção contra os desatinos atmosféricos :)

very nice, nutcracker :)

ipsis verbis disse...

Moyle,

ok. não cheguei lá... :)

:)

Moyle disse...

ipsis,

rewind a little :)

traduz preliminares no comentário prévio?

ahahaha

ipsis verbis disse...

Moyle,

done :)

pensei:assim já com tudo ao léu, só com a bela da saia a tapar, a modos que as coisas já estariam meio encaminhadas para a coisa principal. cof cof, olha lá, aquela nota introdutória é verdadeira? :D

Moyle disse...

ipsis,

precisamente por ter a saia serve de guarda-sol, guarda-chuva, guarda-vento e todos os mais desatinos atmosféricos:D

ahahahaha

é verdadeiramente virtual:)

ipsis verbis disse...

Moyle,

ahahahah... pois. foi por não ter pensado que a saia continuasse vestida. ahahahah

o quê? ah a nota. está bem :)

Moyle disse...

ipsis,

eu visualizei a coisa em público:) dirty me:)

ahahahahaha

ipsis verbis disse...

Moyle,

Ahahahah. "mãe, olha ali aquele senhor com 4 pernas" ahahahaha :)

:)

Moyle disse...

ipsis,

ahahahahaha

eu por público pensei em outside mas assim tem muito mais nível

ahahahahaha

ipsis verbis disse...

Moyle,

oh bolas! cada tiro cada melro. cada buraco cada minhoca! ahahaha

muito mais nível, sem dúvida! ahahah

Moyle disse...

ipsis,

buracos e minhocas neste contexto é ousado mas nunca falha

ahahahahaha

ipsis verbis disse...

Moyle,

AHAHAH! e já vão quantas? ahahahah

(pronto, confesso que com o quantas já estou a pensar no pior :)

Moyle disse...

ipsis,

não sei em quantas vai mas sei que são mais porque no comentário anterior ainda se pode ler bolas e tiros :D

olha o nível da conversa a fazer base jump

ahahaha

ipsis verbis disse...

abrir parêntesis Moyle, escapou-se me ali um comentário teu que reza assim:ipsis,

é um galhofeiro o senhor patriarca mas para piadas destas mais valia o Irmão Jorge de Burgos em «O Nome da Rosa». fechar parêntesis

do que me lembro, penso que esse jorge era um bocado para o asqueroso! :)

Moyle disse...

ipsis,

:D

era bastante mas, sobretudo, era contra o riso - sendo o contexto da sua utilização no comentário :D

ipsis verbis disse...

Moyle,

tu hoje estás imparável!

vamos subir o nível da mesma. vá! ou então coloca ali uma bolinha vermelha no canto superior direito. A esta hora todo o cuidado é pouco. :)

Moyle disse...

ipsis,

e tu a dares-lhe com as bolinhas

AHAHAHAHAHAHA

não vai ser preciso porque os afazeres de amanhã e os mil dólares de prejuízo no solitaire estão a mandar-me ir aterrar :D

ipsis verbis disse...

Moyle,

sim. não era esse que dizia que só o demónio se ria?

Moyle disse...

ipsis,

ora, era esse precisamente. e que o riso deformava a cara e nos fazia animalescos :D

ipsis verbis disse...

Moyle

"doh!" - e chapada na testa à homer simpson... é mais forte que eu! ahahahaha

solitaire, que giro... ai. é melhor não dizer mais nada. sinto-me como um peixe hoje. :)

Moyle disse...

ipsis,

ahahahaha

como um peixe porque...

ipsis verbis disse...

Moyle,

exacto. Eu nunca mais molhei o dedo com a língua. Ahahah

ipsis verbis disse...

Moyle,

:)

...morre pela boca. :)

Moyle disse...

ipsis,

ahahahaha

comecei a pensar duas vezes antes de fazer o mesmo :D

Moyle disse...

ipsis,

AHAHAHAHAHAHAHA

duhhhh! (nabo :D)

bom, é a despedida, saia colorida:D

ipsis verbis disse...

Moyle,

:)

:)

ipsis verbis disse...

Moyle,

so this is goodbye :)

e bons afazeres :)