11/07/2008

Der Führer Garten

Portugal, ou melhor o arquipélago da Madeira, pretende ofuscar a esperançosa vitória de Barack Obama. A verdade é que depois da grande vitória do sonho democrático americano, o Führer Garten foi aclamado em plena assembleia regional, inclusivamente pela oposição, que lhe ofereceu uma bandeira com uma suástica em fundo vermelho. Apesar do erro de casting, uma vez que claramente o fundo vermelho estava ainda à espera de umas lavagens com Xau, para atingir uma cor mais alaranjada, o acto foi visto no continente como uma afronta, uma vez que discute-se agora a cor de fundo da bandeira.
Do largo do Rato surgiu protesto veemente, uma vez que é reclamado um “rosa choc” para o fundo. Aliás, o líder do partido do Largo do Rato é sem dúvida um admirador confesso das tonalidades rosadas e, segundo consta, foi mesmo esse o motivo que o levou a inscrever-se no partido que o levou à ribalta política, esse e a música dos Vangelis que o faz ficar com pele de galinha, imaginando as grandes aventuras dos descobridores portugueses e portugueses ao serviço de outros reis, como por exemplo Fernão de Magalhães.
Entretanto, na Casa Branca teme-se agora pelas boas relações com o potentado madeirense, cujas forças militares se encontram às portas da Assembleia Regional, barrando a entrada aos organizadores da parada. Contudo, fontes secretas americanas pensam que Garten tenciona limpar o sebo ao novo presidente americano, pelo simples facto de este apoiar o “rosa-choc” do continente, facto que foi aliás a primeira medida de grande alcance de Obama.
O Moyle teve acesso, através de e-mail transviado, a algumas imagens que estão ser preparadas e que mostram a seriedade com que este assunto está a ser levado nas cúpulas do poder na Madeira e que, afinal, o deputado José Manuel Coelho tinha uma certa razão nas suas palavras.


Esta é a primeira proposta para a nova bandeira da República nazi-fascista da Madeira. Note-se a preocupação em manter as cores tradicionais de forma a tornar mais suave para os cidadãos, que passarão a ser súbditos, a transição de símbolos de um regime para outro.




A estratégia de transição suave dos símbolos do regime mantém-se nesta segunda versão mas aqui, como se pode ver, opta-se por um conjunto de cores diferente, mostrando a filiação do novo regime no PPD/PSD. No centro da bandeira mantém-se a cruz de Cristo, no entanto rodada 45º, de forma a aproximá-la do carácter nazi-fascista do novo regime.





Esta terceira hipótese é a menos consensual até agora porque, apesar do fundo ostensivo em cor laranja, representativa do PPD/PSD madeirense, o facto é que a televisão ainda transmite muitos filmes e documentários sobre a II Guerra Mundial e a cruz gamada que ocupa o centro da bandeira continua bastante associada aos maus da fita na mentalidade colectiva, o que poderá significar uma rejeição espontânea ao regime pela dissociação dos cidadãos - doravante súbditos - dos símbolos do regime.





Esta é a primeira foto de regime conhecida, com Adolf Ramos e Benito Jardim, sendo que toda a máquina propagandística em vias de criação e desenvolvimento partirá deste cliché para a elaboração de posters, cartazes, aventais, t-shirts e autocolantes, que serão distribuídos pelos madeirenses nos plebiscitos a que, magnanimamente, o novo regime se sujeitará.

Este quadro, pintado em segredo, será exposto na Assembleia Nacional Madeirense, sendo reproduções suas espalhadas por todas as repartições públicas, hospitais, salas de aula e balneários do Estádio dos Barreiros, que mudará de nome para Estádio da Raça Madeirense.

.

.

.

PS - Ficámos esta semana a saber que o Partido Nova Democracia existe mesmo, o que foi uma novidade gira.

PPS - Saúda-se o regresso de O Forte às lides moylísticas. Já não era sem tempo e O Alto agradece.

18 comentários:

Clara Umbra disse...

«imaginando as grandes aventuras dos descobridores portugueses e portugueses ao serviço de outros reis»... subtil, subtil, assim como quem não quer a coisa... ;)
P.S. Fixe! E como é que se sabe quem escreveu o quê? Assinaturas? Ou serão estilos distintos, ergo, diferenciáveis? [Toda a boa oportunidade para usar um ergo é uma boa oportunidade para usar um ergo]

Sorrisos em Alta disse...

Quando eu for uma gaja e for convidada para ser capa de revista, vou exigir que seja o Moyle a fazer o tratamento Photoshop!!!

;o)

Abraço

Teté disse...

Ainda dizem que os políticos portugueses são "cinzentões"?! Naps! Grande engano! Alberto João, ganda mano, tira os amigos deste cano, Ié!

Quanto à palhaç... quer dizer, aqueles momentos de grande seriedade que se viveram na Madeira, fiquei animadíssima com a grande dignidade de uns e outros. E que coisa mailinda do que pôr uns capangas à porta, para não deixar o Coelho entrar? Mais um pouco, ainda abriam uma época de caça extra...

Pode ser tudo o que quiserem, mas lá cinzento é que não! Rosado ou alaranjado, quando muito...

Beijoca!

PS - tens mesmo jeitinho para o photoshop! :)))

Moyle disse...

clara,

eu e o ergo, o ergo e eu, também é sempre que possível.

pois, este blog começou como uma colaboração e, por acaso, nunca tivemos essa preocupação de identificar as parvoíces. não sei se teremos estilo muitos diferentes, embora um talvez tenha mais tendência para o humor e o outro para a sátira, a coisa nunca foi muito absoluta nem sequer nesse aspecto.

"O Alto" sempre tratou da parte técnica e respondeu aos comentários, aparvoando ao mesmo tempo, claro está, e acompanha um conjunto de blogs que aprecia, o que demonstra comentando:).

uma coisa é certa, a qualidade está sempre garantida, independentemente da procedência:)

Moyle disse...

sorrisos,

nunca te vi enquanto gajo mas quando fores gaja voluntario-me para tratar disso:)

pode ser uma daquelas cenas do género "Antes e Depois"? tipo "Extreme Makeover"?

Moyle disse...

teté,

essa da caça ao coelho ainda terá que se lhe diga aqui, sendo-te atribuídos os devidos créditos:)

eu nunca consegui usar o photoshop. não percebia nadinha daquilo:)

só um apontamentozinho insignificante. acho que usares "dignidade" e "Madeira" no mesmo raciocínio não combina muito:D

Carla Silva e Cunha disse...

ola

Gostei muito...mesmo muito.

eu vou passando por aqui para ver as novidades

boa semana

carla

http://www.arte-e-ponto.blogspot.

Moyle disse...

carla,

olá. és muito bem vinda.

boa semana para ti também.

Sorrisos em Alta disse...

Era nessa onda que estava a pensar!!!

Por favor, faz de mim a nova Cinha Jardim!!!
,o)

Moyle disse...

sorrisos,

ok, eu estou aqui para ajudar no que puder mas tenho que ir já alertando que não sei onde arranjar o nº do Santana Lopes.

Sorrisos em Alta disse...

Loooooooooool

basta ires ao balcão da kapital, uma noite qualquer....
;o)

grande abraço

Moyle disse...

sorrisos,

não admira que ele ande a candidatar-se a presidente, precisamente, da kapital (talvez seja sem o K)

abraço

Sorrisos em Alta disse...

Não se estará a foder, perdão a fazer ao (no) Parlamento??
(esta já é private joke, por causa do photoshop!!!)
;o)))

Grande abraço

Moyle disse...

sorrisos,

agora já não é private. :D

Sorrisos em Alta disse...

Oooooooooooooooooops

;o)

Moyle disse...

sorrisos,

loooooooooooool

:)

Anónimo disse...

cambada de ignorantes...continentais da marda

Moyle disse...

anónimo,

vindo de ti vejo-me obrigado a aceitar as tuas palavras como elogiosas. por outro lado, não te esqueças das semilhas que tens ao lume.