6/03/2006

NIM, OU A VÃ GLÓRIA DE MOYLAR - 1

O forte:
E então o título, [do blog] já pensaste??
O forte:
Eu não me consegui lembrar de nada.
O alto:
Eh pá, está muito difícil…
O forte:
Isto tem que ser uma coisa sem ser pensada.
O forte:
Tens que ser tu a dizer uma coisa e eu digo: é isso!
O forte:
E tu dizes: é isso o quê??
O forte:
E eu respondo: o coiso!
O forte:
E tu perguntas: mas que coiso?
O forte:
E eu respondo: o coiso, caralh....
O forte:
Mas que coiso, caralh...
O forte:
O título!
O forte:
Fod....
O forte:
… que estavas descompreendido!
O forte:
Estás a ver como é que tem que sair?
O forte:
É assim uma cena!
O alto:
Yah!
O alto:
A Nilda sugeriu uma cena tipo "deus, pátria e família"…
O alto:
…só para chocar…
O alto:
Sei lá…
O forte:
Isso do “deus, pátria, família é uma cena... (a Nilda está aí?)
O alto:
Nicles
O alto:
Sabes uma cena fixe?
O alto:
Portugal é uma criança adoptada por um casal homossexual,
O alto:
… o Salazar e o Cunhal!
O alto:
O tema está na moda e tudo…
O forte:
Um casal homemsexual??
O alto:
Yah,
O alto:
… desses que lavam o sexo com omo!
O forte:
O Cunhal ainda vá que não vá,
O forte:
… agora o Salazar?
O forte:
Epá!
O forte:
Por amor de Deus!
O alto:
O homem era um reprimido que ainda não tinha saído do armário…
O forte:
Lá que o homem não tinha sorte com as gajas era uma coisa,
O forte:
… agora chamar-lhe boiola!
O alto:
Meu amigo,
O alto:
… se não era, podia ter sido!
O alto:
Ele e o Cerejeira partilharam quarto em Coimbra (ouvi dizer)!
O forte:
E agora todos os padres são gays??
O alto:
Andam de vestido, cruzes ao pescoço e têm uma vozinha afectada, ou não?
O forte:
Se fossem gays como aguentavam o vinho branco logo de manhã??
O forte:
… responde-me a esta…
O alto:
Os gajos agora estão na moda e estão habituados às festas do jet set…
O alto:
… e ao vodka martini com as tias!
O forte:
…é que há terras em que aquilo parece vinagre!
O alto:
Isso pensas tu…
O alto:
… eles tratam-se mal, não?
O forte:
Mas ás 9 da manhã?
O forte:
E dizes-me tu que os gajos são paneleiros!
O alto:
Vinhaça, logo de manhã, é aperitivo para os gajos…
O alto:
E não são?
O forte:
Está bem…
O alto:
Se vires um gajo de vestido é o quê?...
O alto:
… escocês?
O forte:
É o mister gay
O alto:
… pauliteiro de Miranda?
O forte:
ahhhh
O forte:
Estás a confundir as coisas.
O alto:
E Cristo, não morreu atado ao pau?
O alto:
E é o ídolo dos gajos.
O forte:
Mas porque o pai era carpinteiro…
O forte:
… se o pai fosse ferreiro, a cruz tinha sido feita de ferro!
O alto:
Em casa de ferreiro...
O alto:
E porque estava vestido de tanga?
O alto:
Como explicas a tanga?
O alto:
Não havia Durão Barroso na altura!
O forte:
A tanga saiu-lhe nas festas em honra de Nossa Senhora dos Aflitos numa quermesse em que ele jogou 20 xelins nas rifas…
O alto:
Um xelim é o achento de uma bichicleta...
O forte:
… e foi o melhor prémio da noite…
O alto:
Goza!
O forte:
… e saía sempre…
O forte:
era daquelas rifa em que saía sempre prémio…
O alto:
Boas rifas essas,
O alto:
… das que dão gosto jogar!
O alto:
Ou então era incontinente e aquilo era uma fralda!
O forte:
Não …
O forte:
Está calado…
O forte:
Por isso é que se passou a chamar Nossa Senhora dos Aflitos…
O alto:
Ahhhhhhhh!
O forte:
… porque o pessoal jogava pouco e mesmo assim via-se aflito para levar tanta tralha para casa.
O alto:
Não te sabia tão conhecedor da mitologia cristã!
O forte:
Jarras, vasos…
O alto:
Pois, pois!
O forte:
… mas dos grandes.
O alto:
E também cravos e martelos…
O forte:
É que aquilo não eram vasos, tipo, para pôr um manjerico.
O alto:
… coroas de espinhos para pôr em cima do naperon da cómoda!
O forte:
Eram vasos para pôr, vá, sequóias não digo,
O forte:
… mas uma ramagem já bem alta.
O alto:
Umas nespereiras,
O alto:
… talvez mesmo um cannabizito,
O alto:
… para ajudar a curar os leprosos.
O forte:
Daí esta tua foto. [ver arquivo 11-12-2006]
O alto:
Lá está.
O forte:
Isto pode ser uma descoberta melhor…
O forte:
… do que talvez mesmo a da luva daqui por 80 anos [ver arquivo 30.05.2006].
O alto:
Exactamente!
O alto:
Queria o Dan Brown ter o entendimento e profundidade de análise que nós temos…
O alto:
e que vulgarmente aqui exibimos!
O forte:
Esse castanhito, pá,
O forte:
… não sabe o que é peixe agulha.
O alto:
Castanhito?
O alto:
ahhhh
O forte:
Brown…
O alto:
Já percebi.
O alto:
Vêm lá dos américas a pensar que podem policiar o pensamento dos outros…
O forte:
Uns quadros…
O forte:
… e tal.
O alto:
Bem sabe ele o que é faina!
O forte:
A faina???
O alto:
Vinte anos…
O alto:
… nós…
O alto:
… na faina.
O forte:
Ele nem deve saber o que é asticot…
O alto:
E morcões?
O forte:
… ou asticô.
O alto:
Népia.
O forte:
Engodo?
O forte:
Bah…
O alto:
E pardelha?
O alto:
Eh…
O forte:
Sabe lá o que é isso,
O forte:
… pardelha!
O alto:
Bem sabe ele como é que se enxofra!
O alto:
Meninos da cidade…
O forte:
Nem fales disso que o gajo mete o rabinho entre as pernas…
O forte:
… e devolve o dinheiro todo que ganhou,
O forte:
… á custa dessa treta Da Vinci.
O alto:
… copinho de leite e aveia,
O alto:
… isso é que ele sabe.
O alto:
Sinceramente…
O forte:
Café com broa, ás 7 da manhã…
O forte:
… isso sim!
O alto:
Pois!
O forte:
Chegar á tasca e malhar…
O forte:
duas branquinhas seguidas.
O alto:
E sardinha com azeitonas…
O alto:
e uma côdea…
O alto:
e um martelo p’rá sossega.
O alto:
Eh!
O alto:
Isto… um gajo é que sabe,
O alto:
e ninguém dá valor.
O forte:
Não sabem o que é mundo.
O alto:
Sabem lá!
O alto:
E depois chegam cá que isto e que aquilo…
O alto:
Bah!
O forte:
Bem vou ao café que isto hoje tem cantoria,
O forte:
… não sou só eu.
O forte:
Vais ficar por aqui??
O alto:
Nã… Vou para baixo também.

4 comentários:

Anónimo disse...

quem são os nabos que escreveram isto. que estupidez

Anónimo disse...

o Miguel seabra é que é fixe.

Anónimo disse...

melhor que o miguel seabra é o sete estacas

NILDA disse...

A Nilda fcou traumatizada... o titulo era giro... vou chorar...