11/13/2009

Ich Bin Ein Berliner

6 comentários:

johnny disse...

Historicamente rigoroso.

Teté disse...

Bom, o gajo que lhe fez o discurso deve ter ido directo para o desemprego... ;)

blayer disse...

Não nos podemos esquecer que o gajo que lhe fez o discurso era alemão. E como é sabido os alemães estão sempre bêbados.

Moyle disse...

johnny,

nem podia ser de outro modo :)

Moyle disse...

Teté,

mas olha que os alemães, berlinenses em particular, apreciaram bastante o gesto. Não tanto como os pasteleiros da zona, mas ainda assim bastante :)

Moyle disse...

blayer,

deve ser por isso que os trabalhadores portugueses são tão elogiados na Alemanha, apesar de uma língua tão diferente. É o reconhecimento dessa proximidade "cultural" :)