2/13/2009

Uma Questão de Justiça


33 comentários:

Teté disse...

Ai, esta Maya é uma doidona!!!

Coitadinho do Calimero que lhe caia na rifa... :)))

johny disse...

E, de repente, levantaram-se dúvidas sobre a anatomia das abelhas.

Moyle disse...

Teté,

Não podemos descartar o eventual sadomasoquismo do Calimero. ele tem sempre aquele aspecto tão sofredor... :D

Moyle disse...

Johny,

ou do Calimero. se ele lá foi na mesma de certeza que não poderia ter uma protuberância (essa parte está entregue à Maia, segundo a imagem).

ipsis verbis disse...

Ao cu da Maia, o Calimero não foi de certeza! já o contrário... (qual strap-on, qual carapuça) Ahahahaha

Moyle disse...

Ipsis,

imaginar o Calimero a ser castigado pelo strap on da Maia é uma imagem de antologia. espero é que quem acompanhou estes bonecos não fique traumatizado :)

ipsis verbis disse...

Moyle,

ahahah. quem acompanhou a abelha Maia, naquela altura, não se importará de conhecer o seu lado mais bondage... (espero eu, que não quero sair daqui responsável de nada)

Moyle disse...

Ipsis,

e ninguém me tira já da cabeça que aquelas rsicas pretas que ela tem é a fatiota de cabedal. Maia dominatrix... tem muito potencial :)

ipsis verbis disse...

Moyle,

Eheh. a Maia para maiores de 18 poderia ser um sucesso. (ou não)

:D

Moyle disse...

Ipsis,

na realidade duvido que haja muitas coisas que não acabem por ser um sucesso quando tornadas para maiores de 18. a Maia não seria excepção :)

ipsis verbis disse...

Moyle,

pois... e até imagino um jogo para pc e consolas, ahaha. e cala-te boca :P

Moyle disse...

Ipsis,

trazer a palavra consolas para esta conversa é de nível. ahahaha

Parabéns :D

ipsis verbis disse...

Moyle,

ahaahah. homonímia outra vez?

(ai.. espero que seja isso para não passar por perversa)

Ainda falta. :P

Moyle disse...

Ipsis,

Ainda falta para seres ou para passares por perversa?

:D

ipsis verbis disse...

Moyle,


às vezes basta um comentário dúbio para o ser. e se pareço, não sei. diz-me tu.

Moyle disse...

Ipsis,

bem, perversa não diria. bem informada talvez. Ahahaha

ipsis verbis disse...

Moyle,

lá estás tu! :)
mas que raio estás tu a querer dizer com esse comentário ambíguo?

(e agora não sei se vou ser ou parecer ingénua)

não me posso rir por enquanto.

Moyle disse...

Ipsis,

Ingénua também não me pareces ser. de qualquer maneira, eu não quer dizer nada além da ambiguidade :D

(já dá para rir?)

ipsis verbis disse...

Moyle,

ahhh... pronto. inocente ou curiosa e/ou desentendida e/ou não sabe/não responde? :D

(deu para meio rir - é que fiquei mesmo com o raio da pulga ali atrás)

Moyle disse...

Ipsis,

Inspira, expira, inspira, expira...

não há motivo para isso... nada quer dizer e tudo quer dizer nada, ergo, não se passa nada :D

ipsis verbis disse...

Moyle,

logo, nestes casos, faço filmes? ahahahah

Moyle disse...

Manoela de Oliveira,

não acho que faças filmes :D

(mau, muito mau)

ipsis verbis disse...

Moyle Maria,

pois, mas isso é o que eu quero que tu aches.

(não, olhe que não)

Moyle disse...

Ipsis,

Ah AH, tu queres é pôr-me a fazer filmes...

'tou-te a ver


:D

ipsis verbis disse...

bolas! tive agora um "esprit de l' escalier"... azar :D

Moyle disse...

Ipsis,

ahahahahaha

ipsis verbis disse...

Moyle,

ehehe. claquete e aaaacção!

'tás nada

:)

ipsis verbis disse...

Moyle,

:D

Moyle disse...

Ipsis,

:D

ipsis verbis disse...

Moyle,

epá 29 comentários nem é carne nem é peixe, ou então o meu mal é outro. vou "mazé" dormir antes que a Maia perca o ferrão.

hasta mañana :)

Moyle disse...

Ipsis,

se não é carne nem é peixe deve ser atum, que é a "carne do mar"

hasta mañana entonces

:D

ipsis verbis disse...

:) e daí os bifes de atum.

hasta luego.

:)

Moyle disse...

Ipsis,

precisamente :D