1/20/2009

Descubras as Diferenças (se conseguir)


Depois de ler esta notícia ocorreu ao Moyle um exercício de "descubra as diferenças". O desafio é tão grande que mesmo o Moyle, que o elaborou, ainda não o conseguiu resolver.
[Só mais uma coisinha, o cabelo não conta!]

19 comentários:

Teté disse...

Fico pasma com as notícias "interessantes" que o Moyle lê... :)))

Entre um e outro, venha o diabo e escolha! Aliás, as ideias não são muito diferentes, a pandilha de boys que os cerca também não, estão apenas interessados em ir eles para o poleiro (e, tal como o velho, não sair de lá durante muitos anos e bons...) Enfim, se o Afonso Henriques soubesse, talvez tivesse pensado duas vezes antes de declarar a independência... :/

Jiminy_Cricket disse...

Oi Moyle,

exercicio complicado!!!!! é que não encontro diferenças, mesmo sem contar com o cabelo foleiro!!!!

beijos

Moyle disse...

Teté,

é muita atenção:D

a questão do poleiro até não era muito grave se não fôssemos nós a encher-lhes o papo. acho que D.A.H. teria uma maneira afiada de resolver estes despropósitos... mas não vamos estar a sobrecarregar o homem que está a usufruir do seu merecido repouso (eterno).

Moyle disse...

Jimini,

a foleirice capilar acaba mesmo por ser uma semelhança, realmente:D

beijos

ipsis verbis disse...

a manuela está mais bronzeada.

Moyle disse...

ipsis verbis,

e com um acompanhamento capilar a puxar para o minimalista.

ipsis verbis disse...

Moyle, eu diria que o "acompanhamento capilar" é mais naïf.

Moyle disse...

Ipsis Verbis,

a única coisa que me move a não usar esse adjectivo é por achar que naïf somos todos nós por aturar estes dois, de resto está muito bem :)

ipsis verbis disse...

a propósito da merda. aquilo tudo foi para chamares a atenção? :)

Moyle disse...

ipsis verbis,

por acaso o Moyle sofre um bocado de défice afectivo, é mais uma neurose que outra coisa, mas nesse caso específico foi só porque estava lá escrito 100 merdas, please.

foi mais uma questão de querer agradar quando até lhe estavam a pedir por favor.

ipsis verbis disse...

Moyle, obrigada. (já pedi aquilo à tanto tempo, que me esqueci)
tenho que deixar de beber água da torneira...

Moyle disse...

Ipsis Verbis,

ouvi dizer que o cloro dá moca mas os efeitos secundários são aborrecidos realemente. o melhor ainda é água engarrafada em garrafas verdes e amarelas:)

ipsis verbis disse...

Moyle, "verdes e amarelas"? bolas. i'm lost!

Moyle disse...

ipsis verbis,

amarelo sagres e verde tintol:)

ipsis verbis disse...

Moyle, que posso dizer?
agora não corei tanto...

Moyle disse...

Ipsis verbis,

:)

ipsis verbis disse...

Moyle,

e tudo está bem, quando acaba bem :)

Clara Umbra disse...

M.F.L. não usa calções curtos quando corre, o que para a ala masculina do Congo que vê a RTP África há-de ser uma pena porque sempre dava para esquecer aqueles problemas que os pobrezinhos têm tipo dívidas ao banco e assim.

Moyle disse...

Clara,

muitos parabéns. detectaste uma diferença. caramba... eu nunca tive hipótese. por um lado não fazia a mínima ideia que aquilo podia ser sex-simbol, mesmo no Congo. por outro lado, não fazia a mínima ideia de que existia sequer diheiro para se dever a bancos nesse país africano.

fui batido no meu próprio jogo.

merde... [optei pelo francês para ser deselegante e não simplesmente boçal]