11/24/2008

Conta-me Como Será

Toda a confusão em redor da afirmação de Manuela Ferreira Leite sobre uma possível interrupção da democracia durante um semestre para pôr em casa em ordem não passou de uma mal entendido. Na realidade, a líder do PPD/PSD é uma fanática da série da RTP "Conta-me Como Foi" e, enquanto discursava, estava a pensar nos episódios que tinha gravado e, por coincidência, isto na véspera. Na verdade, tudo não passou de um lapsus linguae.
Se analisados de uma perspectiva freudiana, estes acontecimentos têm o nome de Fehlleistung, ou seja, "actos falhados" pois, na realidade, a pessoa expressa involuntariamente um desejo reprimido ou inconsciente.
Como o Moyle acredita piamente na democraticidade da cidadã Manuela Ferreira Leite [a justificação aqui], a explicação mais simples e, possivelmente, mais correcta é a influência que a ficção da RTP exerceu sobre as suas estruturas de pensamento e, enquanto falava, o que dizia era uma mistura da realidade controlada pelo Consciente e da pressão titânica do Inconsciente em libertar o que continha reprimido. Isto é, ao perorar, Manuela Ferreira Leite misturou o "Conta-me como Foi" com um "Conta-me Como Será", em que seria a protagonista.

12 comentários:

clara umbra disse...

Nessa prolepse orwelliana, para não dizer huxleyana, para não dizer zamiatineana, a MFL está um bocadinho cinzenta, já aquele senhor ao lado dela exala saúde... deve ser do hábito...

Moyle disse...

clara,

prolepse, prolepse, prolepse, prolepse. estou contente, fiz uma prolepse. até me tinha contentado com uma ironiazita mas uma prolepse é de alto coturno:)

neste momento acho que a imagem da Nelita está mais desgastada do que a do Botas mas, muito importante, aquele ar de confiança que o Toninho é só por saber que aquela cadeira é nova. Não arrisca nada, portanto:)

Teté disse...

Só nos sonhos dela, parece-me, que apesar destes governantes serem o que são, a mulher de cada vez que abre a boca entala-se. Quando se põe a ironizar, piora um pouco... (não estudou bem a lição, que já houve um Borrego que borregou do governo, por ter contado uma anedota)

Enfim, mas deixa-a sonhar, que isso não prejudica ninguém! (sei lá, talvez um pouquinho ao PSD, mas como me estou nas tintas para os partidos, bah, que se lixe!) :)))

Moyle disse...

teté,

qualquer dia vemos a Nelinha de cadeira de rodas, com tantos tiros que tem dados nos pés.

o sr. engenheiro(quer seja quer não seja) agradece e nós ficamos a ver navios mais 4 anos...

Clara Umbra disse...

Vá... também não vale a pena ficares nessa animação toda: prolepse é só uma cena narrativa, não é nenhuma cena sexual muita boa mas muita difícil de fazer ou assim... ;)
[eu quando falo de sexo e de charros gosto de usar o "muita", só naquela...]

Moyle disse...

Moyle,

eu sabia isso mas é daquelas coisas que fazem disparar o entusiasmo. a Gramática é para mim um Kama Sutra. Não o leio, só vejo as figuras (de estilo).

o acordo ortográfico devia contemplar essa mudança de género do advérbio muito [espero em Deus Nosso Senhor Todo Poderoso que a palavra muito seja um advérbio neste contexto] quando se utiliza para falar de sexo e ganzas. É que faz todo o sentido, ou melhor, não soa bem de outra maneira nenhuma:)

Clara Umbra disse...

«a Gramática é para mim um Kama Sutra. Não o leio, só vejo as figuras (de estilo).» Excelente! :)
Deus Nosso Senhor a partilhar um parágrafo com sexo e ganzas... eh lááá...
P.S. Moyle dirige-se a Moyle…? Suspeito de problema de identidade /alteridade… [Pronto foi só para não ser só elogios....]

Moyle disse...

Deus Nosso Senhor = Rock n' Roll :)

sabes que a divindade é um bocado solitária e depois tem-se esta tendência de se falar de mim para comigo.

mas, como disseste da outra vez, é chato porque estou sempre a interromper-me:) faz-me falta uma Fátima Campos Ferreira - mas em bom - para mediar estas conversas comigo mesmo.

Sorrisos em Alta disse...

Pois.... tal como tu, acredito piamente nela.
Ou seja, quando estou a fazer força na pia...
(e não, não mandem boquinhas, que é uma pia independente, não a Pia duma certa Casa)

;o)

Moyle disse...

sorrisos,

eh pá, estavas preocupado:D a Casa Pia não tem grande piada. Parque Eduardo VII, cabeleira loura aos caracóis e a dar pelo nome de Catherine Deneuve... aí a conversa já seria outea, mas não me parece que pusesses tudo isto assim no meio de uma frase:)

Betty disse...

I recently came across your blog and have been reading along. I thought I would leave my first comment. I don't know what to say except that I have enjoyed reading. Nice blog. I will keep visiting this blog very often.

Betty


http://www.my-foreclosures.info

Moyle disse...

Betty,

Moyle thanks you for the kind words. You read portuguese?